Username Password
 
Lembrar dados?
Entrar
Registe-se
Recuperar Password
Publicidade
Membros Online
+ 0 utilizadores ( visitantes e membros)
Publicidade

Créditos Bancários

A quem é que as Instituições Financeiras emprestam?
4-4-2001 19:00
Scoring

Este método baseia-se na atribuição de uma nota, que resulta de um somatório de pontuações atribuídas a algumas variáveis considerações relevantes para medir a solvabilidade do consumidor, variáveis essas que foram determinadas com base numa análise estatística.

A nota final atribuída ao cliente, score, é comparada com a notação definida como razoável para a atribuição do crédito na Instituição decisora ( Banco, SFAC - Sociedade Financeira de Aquisições a Crédito ), resultando assim na aprovação ou não do pedido de crédito.

Neste método de análise do risco são consideradas as características da operação, finalidade, montante e prazo, bem como a avaliação da capacidade financeira do consumidor.

Relativamente à finalidade do empréstimo importa referir que o financiamento a bens de primeira necessidade, nomeadamente, automóvel ou electrodomésticos, tem normalmente associado menor risco que um empréstimo para financiar férias, o montante está directamente relacionado com a variável anterior, salientando-se que risco vêm diminuído quando o empréstimo solicitado não cobre na integra o valor da aquisição pretendida, havendo também a participação de fundos próprios do consumidor que pressupõe a realização anterior de poupanças, indicador da capacidade de reembolso do empréstimo.

Quanto às informações sobre o consumidor, para além da Idade, Estado civil, Profissão e tipo de Habitação, são considerados o seu rendimento Disponível e a sua capacidade de Reembolso:

  • Rendimento Disponível: receitas mensais deduzidas das despesas mensais líquidas de imposto e que vais permitir calcular a sua capacidade de reembolso.
  • Capacidade de Reembolso: Designada por « taxa de esforço», resulta do quociente entre os encargos do empréstimo ( amortizações mais juros ) e um duodécimo do rendimento disponível. Este indicador é, normalmente, determinante na decisão final do crédito.

    Para realizar a análise de risco, a Instituição que concede o crédito exige normalmente a apresentação de comprovativos das variáveis analisadas: declaração de IRS, recibos de vencimento, factura pró-forma e outros.

    Para além disso, e em termos de análise de solvabilidade do consumidor, é normal as Instituições Financeiras verificarem se encontra inibido do uso de cheques e, por outro lado, solicitarem Informações ao Banco de Portugal.

  • Leituras: 1949  
    Não existe nenhuma sondagem em curso...
    Partilhe connosco alguma situação engraçada, curiosa ou estranha que tenha ocorrido no condomínio.

    Porque nem tudo tem que ser aborrecido ou questões legais!
    LDC alerta para lacuna fiscal na validação das faturas de 2019
    Defeitos graves e não graves nas instalações de gás: quais são?
    A importância dos hidrantes exteriores
    Manutenção do prédio: uma prioridade (de)vida!
    Que tinta escolher para a fachada do edifício?
    Como juntar e separar frações autónomas?
    Dicas para elaborar o orçamento do condomínio
    Atenção às placas de sinalização!
    O que fazer com a casa do porteiro quando ele não existe?
    Que administrador eleger?
    Impacto do Alojamento Local nos condomínios
    Alterações na fatura da água
    Alteração ao prazo das inspeções às instalações de gás
    Instalação de videovigilância já não carece de autorização
    Quóruns, para que vos quero?
    Pesquisar