Username Password
 
Lembrar dados?
Entrar
Registe-se
Recuperar Password
Publicidade
Membros Online
+ 0 utilizadores ( visitantes e membros)
Publicidade

Jurisprudência

Isenção de Contribuição Autárquica para 2003
13-1-2003 11:29
Nos Benefícios Fiscais relativos a imóveis, ficam isentos de contribuição autárquica, nos termos da tabela seguinte, os prédios ou parte de prédios urbanos habitacionais construídos, ampliados, melhorados ou adquiridos a título oneroso destinados à habitação própria e permanente do sujeito passivo ou do seu agregado familiar e sejam efectivamente afectos a tal fim no prazo de seis meses após a aquisição ou a conclusão da construção, da ampliação ou dos melhoramentos, salvo por motivo não imputável ao beneficiário, devendo o pedido de isenção ser apresentado pelos sujeitos passivos até ao termo dos 90 dias subsequentes àquele prazo.

O PERÍODO DE ISENÇÃO DE PAGAMENTO DE CONTRIBUIÇÃO AUTÁRQUICA A CONCEDER SERÁ O DETERMINADO EM CONFORMIDADE COM A SEGUINTE TABELA: (**)

Valor tributável (em euros) / Período de isenção (anos)
- Habitação própria permanente -
Arrendamento para habitação:

Até 113 492,00 / 10 anos.
De mais de 113 492,00 até 141 983,00 / 7 anos.
De mais de 141 983,00 até 171 624,00 / 4 anos.

(**) Redacção introduzida pela Lei n.º 32-B/2002, de 30 de Dezembro, de 27 de Dezembro.

Neves de Melo

Leituras: 8842  
Não existe nenhuma sondagem em curso...
Partilhe connosco alguma situação engraçada, curiosa ou estranha que tenha ocorrido no condomínio.

Porque nem tudo tem que ser aborrecido ou questões legais!
Infiltrações – Causas, consequências e repararações
Quem são os nossos vizinhos?
Manutenção das bocas-de-incêndio é obrigatória!
Extintor de água aditivada ABF: o mais indicado para o condomínio
Todos têm que participar nas inovações?
4 dicas para formar os futuros condóminos
Cuidado com o que guarda nas arrecadações!
COVID 19: Como é que os condóminos devem lidar com esta ameaça?
Elevador: a mais-valia da modernização
LDC alerta para lacuna fiscal na validação das faturas de 2019
Defeitos graves e não graves nas instalações de gás: quais são?
A importância dos hidrantes exteriores
Manutenção do prédio: uma prioridade (de)vida!
Que tinta escolher para a fachada do edifício?
Como juntar e separar frações autónomas?
Pesquisar