Username Password
 
Lembrar dados?
Entrar
Registe-se
Recuperar Password
Publicidade
Membros Online
+ 0 utilizadores ( visitantes e membros)
Publicidade

Notícias

Assembleias de condóminos sim, mas por videoconferência!
quarta-feira, 9 de Junho de 2021 | 10:17   lida: 262 vezes

A Lei n.º 4-B/2021 vem estabelecer procedimentos decorrentes das medidas adotadas no âmbito da Covid-19, incluindo os relacionados com as assembleias de condóminos – as quais passam a obedecer às regras aplicáveis à realização de eventos corporativos, vigentes em cada momento e para circunscrição territorial respetiva.

Neste contexto, no ano de 2021 é já permitida e até incentivada a realização de assembleias de condóminos através de meios de comunicação à distância. Para isso, basta que a administração do condomínio determine que esta é a forma de viabilizar a realização da assembleia ou que a maioria dos condóminos o requeira, passando a mesma a ter lugar através de meios de comunicação à distância, preferencialmente por videoconferência.

Em situações que o exijam, pode ainda optar-se por um modelo misto, presencialmente e por videoconferência – como no caso de um condómino não ter, fundamentadamente, condições para participar na assembleia de condóminos através dos meios de comunicação à distância.

Seguindo estes procedimentos, são também permitidas novas formas de assinar a ata que resulta destas assembleias. Assim, a assinatura e a subscrição da ata podem ser efetuadas por assinatura eletrónica qualificada ou por assinatura manuscrita, aposta sobre o documento original ou sobre documento digitalizado que contenha as outras assinaturas. A declaração do condómino também vale como subscrição da ata, sendo enviada para o email da administração do condomínio e manifestando concordância para com o conteúdo daquele documento, o qual lhe deverá ter  sido remetido pela mesma via. Neste caso, a declaração deve ser junta, como anexo, ao original da ata.

Compete à administração do condomínio a formalização do modelo da realização da assembleia (por videoconferência ou misto), assim como a definição da ordem da recolha das assinaturas ou de recolha das declarações por correio eletrónico, a fim de assegurar a reunião de todas as assinaturas num único documento. É importante realçar que a Lei em questão tem efeitos retroativos, considerando-se válidas e eficazes as assembleias de condóminos e a assinatura ou subscrição das respetivas atas que tenham sido realizadas antes da data de entrada em vigor do presente regime (e desde que tenham sido observados os procedimentos aqui previstos).


Notícia inserida por: Administrador
Comentar Notícia
Acesso Reservado a Membros
Insira os seus dados de acesso a membros para poder efectuar um comentário.

Caso não seja um utilizador registado!
Ao realizar o registo pode aceder a todas as áreas restrictas do site.
O registo é GRATUITO.
Comentários Comentários a esta notícia ( 0 )
Share/Bookmark
Não existe nenhuma sondagem em curso...
Partilhe connosco alguma situação engraçada, curiosa ou estranha que tenha ocorrido no condomínio.

Porque nem tudo tem que ser aborrecido ou questões legais!
Como não se perder no meio de um incêndio
Perigos que vêm pela chaminé
Orçamento anual do condomínio é da responsabilidade dos condóminos
Infiltrações – Causas, consequências e repararações
Quem são os nossos vizinhos?
Manutenção das bocas-de-incêndio é obrigatória!
Extintor de água aditivada ABF: o mais indicado para o condomínio
Todos têm que participar nas inovações?
4 dicas para formar os futuros condóminos
Cuidado com o que guarda nas arrecadações!
COVID 19: Como é que os condóminos devem lidar com esta ameaça?
Elevador: a mais-valia da modernização
LDC alerta para lacuna fiscal na validação das faturas de 2019
Defeitos graves e não graves nas instalações de gás: quais são?
A importância dos hidrantes exteriores
Pesquisar