Username Password
 
Lembrar dados?
Entrar
Registe-se
Recuperar Password
Publicidade
Membros Online
+ 0 utilizadores ( visitantes e membros)
Publicidade

Notícias

Alertas na eleição do administrador!
sexta-feira, 14 de Maio de 2021 | 15:29   lida: 340 vezes

A lei obriga a que os condomínios tenham um administrador que terá um papel importantíssimo na saúde financeira, na segurança e na harmonia do edifício, sendo a escolha desta figura da responsabilidade dos condóminos. Claro que o cargo de administrador pode ser exercido por um profissional ou por um condómino, mas, quando a administração cabe a um profissional, é importante verificar a idoneidade da empresa de diversas formas:
  • pedindo referências a outros clientes

  • solicitando evidências de ações de formação que atestam os conhecimentos necessários para  exercer o cargo

  • analisando com detalhe o contrato de prestação de serviços (para saber exatamente os termos em que vão desenvolver o trabalho e os valores cobrados)

  • verificando a facilidade em obter informações relacionadas com o condomínio

  • confirmando mais-valias (produtos, valores e serviços exclusivos) disponíveis para o condomínio e condóminos

  • e, claro, auscultando os canais e a disponibilidade para o atendimento dos clientes.

Caso a opção incida sobre um condómino, é também necessário estabelecer critérios, avaliando-se não só a sua vontade e disponibilidade para cumprir e assumir as responsabilidades impostas pela lei, mas também os conhecimentos que a atividade exige. Para além disso, é essencial garantir a existência de meios e de recursos necessários para levar eficazmente a cabo a função, considerando-se ainda a remuneração ou a compensação pretendida.

Uma vez eleito o administrador, o período de exercício das suas funções é, salvo disposição em contrário, de um ano renovável – mantendo-se o administrador em funções até que seja eleito ou nomeado o seu sucessor.

A eleição e a destituição do administrador são feitas em assembleia de condóminos por maioria dos votos representativos do capital investido (500+1), em primeira convocatória. Se a eleição ocorrer em segunda convocatória, o administrador poderá ser eleito por maioria dos votos dos condóminos presentes, desde que estes representem, pelo menos, um quarto do valor total do prédio (250).

A eleição do administrador é de alta importância para os condóminos e para a vida do condomínio, envolvendo:
  • assumir a responsabilidade pela tomada de decisões

  • garantir o cumprimento da lei, do regulamento interno do condomínio e das deliberações da assembleia

  • zelar pelo bom estado das frações autónomas e das partes comuns

  • cumprir atempadamente com a sua quota-parte nas despesas comuns

  • e promover um ambiente saudável, participativo e solidário entre todos os que habitam no edifício.

No entanto, o administrador só poderá exercer eficazmente o seu papel com a cooperação de todos os condóminos e com base num alinhamento comum: os interesses e as necessidades do condomínio.

Como se percebe, uma eficaz administração do condomínio pressupõe sempre a existência de condóminos responsáveis e esclarecidos – os quais, com o apoio de um administrador cuidadoso e dedicado, conseguirão obter a maior saúde e tranquilidade do condomínio.

Notícia inserida por: Administrador
Comentar Notícia
Acesso Reservado a Membros
Insira os seus dados de acesso a membros para poder efectuar um comentário.

Caso não seja um utilizador registado!
Ao realizar o registo pode aceder a todas as áreas restrictas do site.
O registo é GRATUITO.
Comentários Comentários a esta notícia ( 0 )
Share/Bookmark
Não existe nenhuma sondagem em curso...
Partilhe connosco alguma situação engraçada, curiosa ou estranha que tenha ocorrido no condomínio.

Porque nem tudo tem que ser aborrecido ou questões legais!
Como não se perder no meio de um incêndio
Perigos que vêm pela chaminé
Orçamento anual do condomínio é da responsabilidade dos condóminos
Infiltrações – Causas, consequências e repararações
Quem são os nossos vizinhos?
Manutenção das bocas-de-incêndio é obrigatória!
Extintor de água aditivada ABF: o mais indicado para o condomínio
Todos têm que participar nas inovações?
4 dicas para formar os futuros condóminos
Cuidado com o que guarda nas arrecadações!
COVID 19: Como é que os condóminos devem lidar com esta ameaça?
Elevador: a mais-valia da modernização
LDC alerta para lacuna fiscal na validação das faturas de 2019
Defeitos graves e não graves nas instalações de gás: quais são?
A importância dos hidrantes exteriores
Pesquisar