Username Password
 
Lembrar dados?
Entrar
Registe-se
Recuperar Password
Publicidade
Membros Online
+ 0 utilizadores ( visitantes e membros)
Publicidade

Dicionário de Termos

Pesquisa alfabética:
A   B   C   D   E   F   G   H   I   J   K   L   M   N   O   P   Q   R   S   T   U   V   W   X   Y   Z   #
Acção de Posse
Acção judicial facultada ao legítimo possuidor, perturbado, visando a prevenção, manutenção ou restituição da posse da coisa (art.º 1276º e segs. do Código Civil, art.º 1033º e segs. CPC). Posse judicial avulsa: acção judicial facultada por quem for detentor de um título translativo de propriedade (por ex.: escritura de compra e venda) reclamando a entrega da coisa que nunca estivera em seu poder (art.º 1044º CPC).
Fonte:
Acção de Reinvidicação
É o meio judicial pelo qual o proprietário de um determinado bem, possui faculdade de exigir de qualquer possuidor ou detentor ilegítimo do reconhecimento do direito de propriedade e a entrega da coisa, objecto desse direito (art.º 1311º do Código Civil, ver reocupação de prédio).
Fonte:
Acórdão
É toda e qualquer deliberação do tribunal colectivo, ou seja constituido por todos os juízes, quer de 1.ª instância, quer nas Relações ou no Supremo Tribunal de Juistiça.
Fonte:
Acta
Peça em que se descreve e regista o que se passa em qualquer sessão.
Fonte:
Administrador do Condomínio
É a pessoa, singular ou colectiva, que tem como função administrar a propriedade horizontal no que respeita às partes comuns dos prédios. Normalmente é eleito e exonerado, pela assembleia de condóminos, cuja deliberação será efectuada por maioria de votos representativos, do valor total do prédio. O administrador poderá, caso seja necessário ser nomeado pelo tribunal, sendo requerido por um condómino, caso a assembleia não o eleja.
Fonte:
Alienação de Bens Alheios
Torna-se nula quando o alienante carecer de legitimidade para efectuar o respectivo negócio. A nulidade da venda aplica-se apenas nas relações entre o alienante e o adquirente. A venda não terá qualquer valor, face ao verdadeiro proprietário, tornando-se ineficaz (art.º 892º do Código Civil, referente à venda de bens alheios).
Fonte:
Amortização de Empréstimo
É o pagamento gradual ou na totalidade de determinado capital em dívida.
Fonte:
Apólice de Seguro
Documento que titula o contrato celebrado, entre o segurado e a seguradora de onde constam as respectivas condições gerais e particulares acordadas.
Fonte:
Arrendamento
Contrato pelo qual o arrendatário (o não proprietário), vincula um contrato de arrendamento com o usufruário (proprietário), sendo este último obrigado a proporcionar ao arrendatário, o gozo de um bem imóvel temporariamente, mediante uma retribuição, intitulada, renda.
Fonte:
Arrendatário
Pessoa ou entidade que celebra um contrato de arrendamento e que, no âmbito desse contrato, tem o direito de utilizar, por um determinado período, uma habitação que é propriedade de um terceiro, normalmente o senhorio. Como contrapartida, o arrendatário, também designado de inquilino, fica obrigado a pagar ao senhorio uma renda mensal, num valor a acordar.
Fonte:
Assembleia de Condóminos
A assembleia de condóminos é composta por todos os co-proprietários do imóvel. As funções da assembleia de condóminos são as seguintes:
  • decidir sobre as questões de fundo relativas a compropriedade;
  • aprovar as contas e os orçamentos apresentados pelo administrador;
  • fiscalizar, em geral, a actuação do administrador.
Fonte:
Assembleia Geral
Órgão deliberativo máximo.
Fonte:
Assentos
É uma fonte de direito ao lado da lei. Trata-se de acórdãos de carácter especial, na medida em que são obtidos por votação de todos os juízes do STJ, destinando-se a uniformizar correntes jurisprudenciais (ou seja decisões judiciais contraditórias) opostas num ou noutro sentido, de vez.
Fonte:
Aval
É uma declaração escrita, num título de crédito, em que uma pessoa (o avalista) garante, por um dos subscritores que expressa, ou implicitamente, se indica (avalizado), o pagamento total ou parcial da obrigação pecuniária incorporada no mesmo título de crédito. O avalista pode ser um terceiro ou um signatário do título.
Fonte:
Aviso
É um texto que pretende alertar os potenciais interessados para determinadas situações, podendo ser ou não um conjunto de regras. podem ser emitidos pelos ministérios, direcções-gerais e institutos. Não precisam de ser promulgados pelo Presidente da Reoública. Este diploma está publicado no Diário da República.
Fonte:
Beneficiação
É uma mais-valia acrescentada a um imóvel em virtude de qualquer alteração à sua estrutura ou aparência (beneficiação directa), ou envolvente (beneficiação indirecta no caso de uma melhoria da envolvente urbana, induzida pela criação, por exemplo, de novas infra-estruturas de convenções sociais ou de comunicação).
Fonte:
Benefícios Fiscais
Medidas instituídas para tutela de interesses públicos extra-fiscais relevantes, cujo carácter é excepcional, que sejam superiores aos da própria tributação que impedem, São todas as reduções de taxas, isenções, deduções à matéria tributável e à colecta, amortizações e reintegrações aceleradas, e outras medidas fiscais de idêntica natureza.
Fonte:
Caderneta Predial
Documento emitido pela Repartição de Finanças e que funciona como bilhete de identidade de um imóvel: comprova a sua inscrição na matriz, identifica a sua localização, composição, área, proprietário e valor tributável.
Fonte:
Capital ou valor seguro
Montante pelo qual os bens ficam seguros.
Fonte:
Capital Seguro
É o valor que é estabelecido nas condições particulares de um contrato, e que é garantido aos beneficiários em caso de sinistro.
Fonte:
Página 1 de 4:  1  2   3   4    >   >>  
Pesquisar
TORRES ALBERTO & SOUSA LDA.
(Indústria e Comércio - Construção Civil)
Descrição: A Torres Alberto & Sousa Lda.,executa todos os tra ...
Morada:  Morada de Corresp.: Rua Dr. Luis Camara Pestana Nº.4 R/c Dt
2845-107 Cruz de Pau/Amora
Distrito:  Setúbal
Concelho:  Seixal
Telf:  212253325
Telemóvel:  966110661
Não existe nenhuma sondagem em curso...
Partilhe connosco alguma situação engraçada, curiosa ou estranha que tenha ocorrido no condomínio.

Porque nem tudo tem que ser aborrecido ou questões legais!
O B-A-BA para os pequenos condóminos
App do Dia – MyLDC
LDC lança primeira aplicação de suporte à administração de condomínios
Alojamento local: Supremo dá razão a proprietária contra condomínio
Proteção contra incêndios: condomínio seguro?
Cargo de administrador: obrigatório ou voluntário?
Inspeção baixa em Loures
Lisboa classifica alojamento local como habitação
Autarquias enchem cofres com elevadores
Já limpou a sua chaminé?
Obras urgentes no condomínio: quem paga?
Sabia que os elevadores estão cada vez mais eficientes?
Loja do Condomínio expande pela reconversão de empresas
Loja do Condomínio estabelece parceria com DECO PROTESTE
Perigos que a limpeza do condomínio pode esconder
Pesquisar

Bookmark and Share